top of page
Hills Sloppy

#BeNaturgift

Paquistão, um destino surpreendente e emocionante

Atualizado: 15 de fev.

As imponentes cordilheiras dos Himalaias e do Karakoram atraem há muito tempo viajantes para o norte do Paquistão, mas os cumes montanhosos estão longe de serem os únicos lugares a visitar no país. No Paquistão há vários lugares fascinantes para conhecer, desde a metrópole costeira de Karachi à cidade Mughal centenária de Lahore. Destacamos 10 propostas a visitar no Paquistão que colocam em destaque este como um dos destinos mais emocionantes da Ásia.


Vale Hunza cercado pelos picos dos Himalaias e do Karakoram
Vale Hunza, cercado pelos picos dos Himalaias e do Karakoram

Lahore


Declarada Cidade da Literatura pela UNESCO, é lar de vários Patrimónios Mundiais. Esta antiga cidade Mughal é um dos lugares mais históricos do Paquistão, abrigando também uma dinâmica cultural intensa. O Forte de Lahore, recentemente restaurado com o apoio do Aga Khan Trust for Culture, os Jardins Shalimar, um dos mais belos jardins persas do mundo, e a magnífica Mesquita Badshahi, um monumento emblemático do Paquistão e um dos edifícios religiosos mais impressionantes do planeta, são três lugares imperdíveis. Aliada ao património histórico da cidade, destaque para a gastronomia que se pode saborear em Lahore, uma mistura fascinante de sabores substanciais e aromáticos com influências do passado que encantam o paladar dos viajantes.


Mesquita Badshahi é um dos monumentos mais famosos do Paquistão
Mesquita Badshahi, Lahore, é um dos monumentos mais famosos do Paquistão

Multan


Multan é conhecida como a Cidade dos Santos e continua a ser um importante centro regional para o Sufismo, a forma mística e contemplativa do Islão. A cidade é habitada há mais tempo do que quase qualquer outro lugar da Ásia. Alexandre, o Grande, cercou a cidade no século IV a.C., contribuindo para a importância histórica do país. Os lugares a visitar são os túmulos sufi da cidade, especialmente o Túmulo de Shah Rukn-e-Alam, com seus delicados azulejos turquesa, e o Mausoléu predominantemente rosa de Shamsuddin Sabzwari, que é coroado por uma cúpula amarela brilhante.


Túmulo de Shah Rukn-i-Alam, Multan
Túmulo de Shah Rukn-i-Alam, Multan

Karakoram Highway


Esta estrada, com 1300 quilómetros de extensão, é considerada uma das melhores rotas por estrada do mundo. Durante o trajeto há vistas privilegiadas do Nanga Parbat (8126 metros), uma das 14 montanhas com mais de 8000 metros de altitude acima do nível do mar, do Rakaposhi (7788 metros) e de outras montanhas de grandes altitudes. A estrada passa por Gilgit e Hunza enquanto serpenteia em direção ao norte até à fronteira com a China. A viagem pela estrada desde Gilgit até a fronteira do Paquistão com a China é uma enorme aventura e realizar este troço exige partir de Islamabad recorrendo a veículos 4x4. O troço da Karakoram Highway desde Gilgit encerra entre janeiro e abril devido à formação de gelo e queda de neve intensos.


Paisagens na rota da Karakoram Highway, junto à montanha Rakaposhi
Paisagens na rota da Karakoram Highway, junto à montanha Rakaposhi

Forte Rohtas


O território que forma o estado moderno do Paquistão tem vindo a ser contestado há muito tempo e devido a isso podem ser encontradas fortificações por todo o país, testemunhos da luta pela supremacia. O maior é o Forte Rohtas, perto de Dina. Este forte, declarado Património Mundial pela UNESCO é considerado o melhor exemplo da arquitetura militar mogol na Ásia, com 4 km de paredes de arenito e 14 portões que procuravam ser impenetráveis, protegendo um vasto e bem preservado complexo de mesquitas, poços, palácios e edifícios de habitação.


Forte Rohtas, Património Mundial da UNESCO
Forte Rohtas, Património Mundial da UNESCO

Parque Nacional Fairy Meadows


O Parque Nacional Fairy Meadows é um dos lugares mais belos do Paquistão. O imponente Nanga Parbat (8126 metros), a nona montanha mais alta do mundo, eleva-se junto a pastagens, florestas alpinas e pequenos lagos. É o lar de inúmeras espécies de mamíferos, designadamente ursos, e de uma flora silvestre que preenche os prados na primavera e no verão criando uma paisagem imperdível.


Parque Nacional Fairy Meadows e a montanha Nanga Parbat
Parque Nacional Fairy Meadows e a montanha Nanga Parbat

Moenjodaro


Moenjodaro, que significa "Monte dos Mortos", foi construída em Sindh há mais de 4500 anos, tornando-se uma das cidades mais antigas do mundo. Este foi o centro da civilização do Vale do Indo, tecnologicamente e culturalmente avançada, que se estendia não apenas pelo Paquistão, mas também pelo Afeganistão e Índia. Este foi o primeiro local no Sul da Ásia a ser designado como Património Mundial pela UNESCO. O sítio arqueológico é enorme e no local podem ser observadas as escavações que colocaram a descoberto ruas, celeiros, torres de guarda, banhos públicos, entre outras edificações.


Sítio arqueológico de Moenjodaro, cidade da civilização do Vale do Indo
Sítio arqueológico de Moenjodaro, cidade da civilização do Vale do Indo

Shandur


O passo de Shandur fica a 3720 metros acima do nível do mar em Gilgit-Baltistan, uma das regiões montanhosas mais bonitas do Paquistão. Perto do Lago Shandur, esta passagem elevada é o local do mais famoso campo de pólo do Paquistão. É aqui que se realiza um torneio anual entre as equipes de Gilgit e Chitral. O Festival de Pólo atrai milhares de espectadores a cada edição.


Festival de Pólo de Shandur
Festival de Pólo de Shandur

Karachi


Cidade com uma forte dinâmica noturna, com centenas de bares e discotecas. O país é oficialmente livre de álcool e só pode consumi-lo caso possua uma autorização do governo. A cidade tem uma impressionante oferta quando o sol se põe. Locais como o Base Rock Cafe atraem público para ouvir música ao vivo, e as ruas Burns e Rashid ficam lotadas todas as noites com milhares de pessoas que procuram a gastronomia local em restaurantes e barracas de comida de rua. A animada vida noturna combinada com as extensas praias da cidade, oferecem um experiência que surpreende os viajantes que não esperam estas emoções num país como o Paquistão.


Comida de rua em Karachi
Comida de rua em Karachi

Templos de Katas Raj


Atualmente o Paquistão tem uma população maioritariamente muçulmana, mas antes da chegada do Islão, o Hinduísmo, o Budismo e outras religiões eram maioritárias. O lago no centro dos Templos de Katas Raj, em Punjab, diz-se que foi formado a partir das lágrimas do deus hindu Shiva, e no épico sânscrito Mahabharata (o maior poema épico do mundo, com duzentos mil versos) os cinco irmãos Pandava foram exilados aqui. Viajantes antigos mencionaram a presença de um estupa budista no local (uma forma de arquitetura budista), ainda pode ver o que resta do elemento nas imediações das ruínas de muitos templos, uma pequena fortaleza e havelis (casas tradicionais). Os edifícios estão em más condições de conservação, apesar disso Katas Raj permanece um lugar notável para explorar.


Templos Katas Raj, um complexo de vários templos hindus
Templos Katas Raj, um complexo de vários templos hindus

Attari


O posto fronteiriço Attari-Wagah é o único lugar onde pode ser cruzada a fronteira por terra entre o Paquistão e a Índia. A cerimónia diária de encerramento do posto é um dos exemplos mais extravagantes de ostentação militar que pode ser observado. Ao visitar este local no momento de encerramento podem ser vistos soldados de ambos os lados a competir para mostrar quem pode bater os pés com mais ruído, gritar mais alto, desfilar com sincronia ou cultivar o maior e mais faustoso bigode. Sentadas nas arquibancadas juntam-se multidões para assistir ao momento, aplaudindo e acenando bandeiras. Este evento pode ser descrito como uma cerimónia de antagonismo em terra de ninguém, neste local que também simboliza a rivalidade entre as duas nações.


Fronteira Wagah-Attari, fronteira Índia-Paquistão, cerimónia diária de descida da bandeira
Fronteira Wagah-Attari, fronteira Índia-Paquistão, cerimónia diária de descida da bandeira

O Paquistão é um país que tem tudo: montanhas ou planaltos, lagos ou vales, rios ou mar, planícies verdes exuberantes ou desertos poderosos. Com uma incrível cultura, belezas naturais, gastronomia tradicional e lugares históricos, este país é um paraíso para quem gosta de explorar e viajar.

Posts recentes

Ver tudo

コメント


bottom of page